Ao nome “Regina” são atribuídos os significados de “rainha”, ou “senhora absoluta”, ou simplesmente “a maior”. Trata-se de um nome feminino muito bonito, que leva traços de soberania e nobreza às meninas batizadas com ele pelas suas famílias.

É um nome muito popular em diversos lugares do mundo, em especial aqui no Brasil. Por aqui, a popularidade desse nome é devido às suas aparições em personalidades famosas como a cantora Elis Regina e a atriz Regina Duarte. A seguir, iremos entender um pouco melhor sobre a popularização desse nome em outros lugares do mundo, assim como a sua origem etimológica.

A origem do nome “Regina”

A raiz etimológica do nome “Regina” se encontra no latim de mesma grafia “Regina”. A tradução deste termo significa, literalmente, “rainha”, ou “senhora absoluta”, o que faz com que esses significados sejam atribuídos ao nome  “Regina”, e então transmitidos às meninas batizadas com ele pelos seus familiares. Por extensão, o significado de “a maior” também é relacionado a este nome.

Existe certa controvérsia quanto ao nome “Regina”, pois alguns estudiosos confundem a sua origem, relacionando ela com o termo germânico “Regino”, que surgiu a partir da palavra “ragin”, que é traduzida literalmente para “conselho”. Apesar disso, essa origem é descartada pela grande maioria das correntes da etimologia.

A história do nome “Regina”

Os primeiros registros do nome “Regina” aparecem na Inglaterra durante o século XIII, onde o nome podia ser encontrado sob as formas gráficas “Reina”, e “Regina”, como já estamos acostumados atualmente. Apesar de ter começado a ser utilizado desde então, a popularidade do nome só foi crescer mesmo a partir da Idade Média.

O motivo para o crescimento em popularidade e uso do nome nessa época é devido ao fato de ele ter começado a ser utilizado como nome cristão. Isso ocorreu devido ao nome de Regina Caeli, um dos títulos que foram atribuídos à Virgem Maria com o tempo. Esta denominação é traduzida literalmente para “Rainha do Céu”, o que inspirou muitas famílias cristãs a batizarem suas filhas com este nome.

Apesar do crescimento em popularidade durante a Idade Média, o uso do nome diminui consideravelmente durante a Reforma Protestante, e foi passar a ser utilizado com mais frequência somente durante o século XIX. O nome “Regina” também é popular em países como a Irlanda, onde surgiu como uma forma gráfica anglicana para os nomes “Raghnailt” e “Riona”, nomes nativos da região, assim como nos Estados Unidos, onde o nome “Regina” existe como uma forma feminina para o nome “Rex”.

A numerologia do nome “Regina”

Dentro da numerologia, o nome “Regina” está relacionado ao número 9. Este número representa o final de um ciclo e o começo de outro, por isso, os nomes que estão ligados a ele normalmente são utilizados para batizar crianças que simbolizam o início de uma nova era na vida familiar.

Além disso, as pessoas de personalidade ligada ao número 9 são muito carismáticas e otimistas. A combinação desses dois traços farão de Regina uma menina cheia de vida, pronta para animar qualquer ambiente e círculo de amigos que frequente. Trata-se de uma menina muito honesta, que não esconde as suas opiniões: sempre elogia um trabalho bem feito, mas não segura críticas quando algo não lhe agrada.