O nome “Pamela” possui duas possíveis origens etimológicas, o que faz com que ele tenha significados um pouco divergentes entre si. Dessa forma, a este nome podem ser atribuídos os significados de “tudo escuro” e “totalmente negra”, assim como “tudo mel” e “toda doce”.

Estes são significados bastante diferentes entre si, mas ainda assim temos em mãos um bonito nome feminino que é recheado de cultura e significado, devido às suas duas possibilidades de origem.

É um nome um pouco popular no Brasil embora seja amplamente usado em diversos locais ao redor do mundo. Ele pode aparecer na sua variação “Pamella” com dois “L”, e alguns estudiosos ainda apontam o nome “Samela” como uma possível variação gráfica.

As origens do nome “Pamela”

A primeira possibilidade de origem para o nome “Pamela” sugere que ele tenha origens na Grécia Antiga. Nessa cultura, ele teria partido da união dos termos “pan”, que é traduzido para “tudo” ou “todos” no português, e “meli”, que quer dizer “negro” ou “escuro”. Dessa forma, a união dos significados destes termos é usada para atribuir os significados de “tudo escuro” e “totalmente negra” ao nome “Pamela”, assim como para todas as meninas batizadas com ele pelas suas famílias.

Outros estudiosos, porém, atribuem a origem do nome “Pamela” ao poeta Sir Philip Sidney, que viveu na Inglaterra entre os anos de 1554 e 1586. De acordo com essas fontes, o poeta britânico teria inventado o nome “Pamela” para batizar uma das personagens da sua obra “Arcadia”. Com isso, o escritor teria definido que o significado do nome era “toda doce”, ou “tudo mel”, de acordo com as características da personagem que inventou. Devido à falta de evidências para a primeira versão da história de origem do nome “Pamela”, esses significados criados pelo poeta britânico também são atribuídos às meninas chamadas assim.

A história do nome “Pamela”

O nome “Pamela” sempre recebeu muito destaque em histórias, seja pela relação com uma das suas possíveis origens ou não. O nome também foi utilizado para batizar uma heroína no romance do escritor Samuel Richardson, onde a personagem aparecia no livro “Pamela ou a Virtude Recompensada”, que fora lançado em 1741. Apesar de o livro ter ajudado um pouco a aumentar a popularidade e o uso deste nome no batismo de meninas, o nome “Pamela” só foi começar a receber um crescimento notável de uso a partir do século XX.

A popularidade do nome cresceu um pouco devido à influência da atriz Pamela Anderson, que estrelou na série “S.O.S Malibu”. A popularidade da série entre os anos 1989 e 1999, que entrou para o Guinness Book como a série mais assistida de todos os tempos, fez com que a atriz ganhasse muito destaque, aumentando assim a popularidade do seu nome.

A numerologia do nome “Pamela”

Dentro da numerologia, o nome “Pamela” está relacionado ao número 3. As pessoas com a personalidade ligada a este número possuem um grande amor pela vida. Por isso, Pamela é uma menina muito extrovertida e sociável, e estará sempre interessada em conhecer pessoas novas. Isso faz com que ela seja uma menina sempre rodeada de pessoas que querem o seu bem, e irá retribuir isso sempre fazendo o melhor pelos outros.