Ao nome “Mônica”, são atribuídos os significados de “só”, “solitária”, e “viúva”. Apesar de os significados parecem um pouco negativos, este é um bonito nome feminino que transmite significados de independência a todas as meninas batizadas com ele pelas suas família.

É um nome muito popular no Brasil, que possui como variações gráficas as formas “Moniques” e “Mona”. A seguir, iremos conhecer melhor a história e a origem do nome “Mônica”, para podermos entender o que lhe dá estes significados, assim como a maneira com a qual este nome tornou-se tão popular entre diversas famílias do nosso país.

A origem do nome “Mônica”

Não se sabe ao certo a origem do nome “Mônica”, mas existe um consenso de que a sua raiz etimológica está no grego, “Mónikos”. Este nome teve a sua origem a partir do termo “mónos”, que quando traduzido para o português significa “um”. Dessa forma, o nome “Mônica” acaba recebendo, por extensão, os significados de “só” e “solitária”. Devido ao uso do termo e da forma original do nome na sociedade da Grécia Antiga, o nome também acaba recebendo o significado de “viúva”.

Além dessa história de origem, ainda existem outros argumentos que sugerem diferentes raízes etimológicas ao nome “Mônica”. Entre elas, podemos citar os estudos que indicam como o nome partiu do termo “monere” em latim, que se traduzido para o português pode significar “avisar” ou “aconselhar”. Devido a isso, alguns acreditam que o nome deva receber, também, o significado de “conselheira”. Mas, devido à falta de consenso sobre essa possível raiz etimológica para o nome “Mônica”, esse significado não é comumente transmitido a ele, ou às meninas batizadas com este nome pelas suas famílias.

A história do nome “Mônica”

Os primeiros registros do uso de uma das formas mais primitivas do nome “Mônica” apontam para a Inglaterra, durante o século XVIII. Parte da popularidade do nome é devido à figura de Santa Mônica, que chegou até mesmo a batizar uma cidade nos Estados Unidos.

A história da santa fala sobre uma mulher nascida em Tagaste no século IV, uma cidade no norte da África. Ela é conhecida como a mãe de Santo Agostinho, e acredita-se que foi devido à fé de sua mãe que ele se converteu ao cristianismo. Isso fez com que o nome ganhasse certa popularidade dentro da comunidade cristã, mas ele também é amplamente utilizado fora da mesma.

No Brasil, o nome ganhou muita popularidade devido à personagem de Maurício de Souza, nas histórias da Turma da Mônica. A personagem passou a aparecer na revistinha em 1963, e sua popularidade apenas cresceu desde então.

A numerologia do nome “Mônica”

Dentro da numerologia, o nome “Mônica” está fortemente relacionado ao número 1. As pessoas com a personalidade ligada a este número possuem uma grande naturalidade para ocupar posições de liderança. Uma verdadeira pioneira, Mônica irá sempre ser quem inventa as brincadeiras mais legais entre os amigos de colégio, e por isso irá sempre comandá-las.

Desde cedo, estará acostumada em ser a líder da turma, o que fará com que ela tenha uma grande facilidade para liderar no mercado de trabalho quando crescer. Além disso, é uma menina muito independente, e não tem medo e correr sozinha atrás dos seus sonhos.