Ao nome “Miriam” são atribuídos os significados de “senhora soberana” ou “a vidente”, embora o nome ainda seja relacionado a sentidos como “amada” e “amor”, assim como “oceano azedo”, dependendo dos possíveis idiomas a partir dos quais o nome se originou. Trata-se de um belo nome feminino, que transmite traços de poder e soberania às meninas batizadas com ele pelas suas famílias.

Aqui no Brasil, também pode aparecer na sua outra forma gráfica, “Myriam”, a qual carrega os mesmo significados que a forma original. A seguir, iremos conhecer um pouco melhor sobre a origem e a história desse bonito nome feminino.

A origem do nome “Miriam”

“Miriam” é um nome com mais de uma possível raiz etimológica, e por isso ele pode acabar possuindo diversos significados diferentes. Apesar disso, o principal acordo entre estudiosos de etimologia é que o nome “Miriam” se trata simplesmente de uma variação grafia original em hebraico “Myriam”, que também deu origem ao nome “Maria”. Dessa forma, o nome “Miriam” receberia os mesmos significados de “Maria”, sendo assim, atribuídos a ele os significados de “senhora soberana” e “a vidente”.

Outras origens para o nome “Miriam”

Ao mesmo tempo, a origem do nome “Miriam” também é atribuída ao termo egípcio “mry”, que é traduzido para “amada” ou “amor”. Por isso, para aqueles que consideram este nome uma variação do termo “mry”, os significados citados são atribuídos a ele e transmitido às meninas batizadas assim pelas suas famílias.

Outra possível origem para este nome encontra-se no idioma aramaico assírio, onde o nome “Miriam” teria se originado a partir das palavras “yamo” e “mariro”, que juntas são traduzidas para “oceano azedo” ou “ácido”. Apesar de haver muita discussão ao redor dessas outras possíveis origens, o nome “Miriam” é mais frequentemente atribuído a sua raiz no hebraico.

A história do nome “Miriam”

Por se tratar da grafia em hebraico para o nome “Maria”, o nome “Miriam” sempre esteve muito ligado à figura de Virgem Maria, mãe de Jesus Cristo na Bíblia Sagrada. Virgem Maria se trata de uma das santas mais adoradas no cristianismo, e por isso o nome “Miriam” é muito popular dentro da comunidade cristã.

Outra relação entre o nome “Miriam” e o cristianismo está na personagem de Miriã, irmã mais velha de Moisés no Antigo Testamento da Bíblia Sagrada. Apesar dessa forte conexão com importantes figuras do cristianismo, o nome “Miriam” já se popularizou o bastante ao ponto em que é frequentemente utilizado fora deste cenário.

A numerologia do nome “Miriam”

Dentro da numerologia, o nome “Miriam” está relacionado ao número 9. Este número é muitas vezes utilizado para representar o final de um ciclo e o início de outro, simbolizando o recomeço. Devido a esse simbolismo, os nomes relacionados ao número 9 são frequentemente utilizados para batizar crianças que representam o início de uma nova era na vida familiar.

Já as pessoas com a personalidade ligada ao número 9 costumam ser extremamente carismáticas, compreensivas e generosas. Por não ter medo de expressar suas opiniões, sejam positivas ou negativas, em nenhum momento, Miriam pode aparentar ter o gênio meio forte e acabar intimidando pessoas que não a conhecem direito.