Ao nome “Ludmila” são atribuídos os significados de “amada pelo povo”, “querida pelo povo”, ou também “a favor do povo”. Trata-se de um bonito nome feminino que carrega consigo traços de popularidade e liderança, os quais são transmitidos às meninas batizadas assim pelas suas famílias.

“Ludmila” é um nome um pouco popular aqui pelo Brasil, onde também costuma aparecer nas suas variações gráficas “Ludmilla”, “Ludimila” e “Ludimilla”. As pessoas batizadas assim pelas suas famílias costumam receber os apelidos afetivos de “Lu”, “Ludi”, ou “Mila”, pelos quais são chamadas pelos seus familiares e amigos mais próximos.

A seguir, iremos falar sobre a origem e a história deste bonito nome feminino, para entendermos um pouco melhor os seus significados.

A origem do nome “Ludmila”

A raiz etimológica do nome “Ludmila” encontra-se no eslavo, onde ele se originou através da união dos termos “lyud” e “mil”. A palavra “lyud” é traduzida literalmente para “povo” ou “população”, no português, enquanto o termo “mil” quer dizer “graciosa” ou “querida”. A união dos significados destes dois termos é o que resulta nos significados do nome “Ludmila”.

Alguns estudiosos de etimologia acreditam, porém, que o nome “Ludmila” tenha se originado através da fusão dos nomes “Ludwig” e “Emília”. Apesar disso, essa hipótese não é tão aceita, e por isso a fusão dos significados destes dois nomes não é tão relacionada ao nome “Ludmila”.

A história do nome “Ludmila”

A popularidade do nome “Ludmila” se dá, em parte, à figura de Santa Ludmila, uma princesa que viveu na Boêmia ao longo do século X. Santa Ludmila foi uma princesa muito dedicada ao cristianismo, mas que por fazer parte de uma família de outra religião, sempre fora muito perseguida por tentar espalhar as suas crenças ao reino.

O auge de sua devoção a Jesus Cristo veio após a morte de seu marido, quando a princesa doo todos os seus bens, em um ato de compaixão ao povo com origens menos privilegiadas do que ela. Um dia, enquanto realizava as suas orações, Ludmila foi assassinada e, após a sua morte, passou a ser conhecida como a “santa do povo”, devido à sua piedade e compaixão por essas pessoas. Com o tempo, foi canonizada pela Igreja Católica com esse título.

O nome “Ludmila” é popular em diversos países do mundo, o que garante a ele uma série de variações gráficas. Por isso, é possível encontrar, por exemplo, as grafias “Lyudmila” no búlgaro e no russo, “Ljudmila” no esloveno e até “Lyudmyla” no ucraniano.

A numerologia do nome “Ludmila”

Dentro da numerologia, o nome “Ludmila” está relacionado ao número 9. Este número é utilizado para simbolizar o final de um ciclo e o começo de um novo, retratando o recomeço. Muitas vezes, os nomes relacionados a este número costumam ser utilizados para batizar crianças que representam o início de uma nova fase na vida familiar.

Já as pessoas com a personalidade ligada ao número 9 costumam ser extremamente otimistas e carismáticas. Cheia de vida, Ludmila estará sempre disposta a oferecer uma opinião sincera e construtiva aos amigos, elogiando sempre que vê um trabalho bem feito, mas também sem medir as palavras quando está insatisfeita com alguma coisa.